sábado, 21 de março de 2009

SUGESTÕES DE ATIVIDADES




Desenvolvimento das atividades

Organize uma roda para iniciar a aula e explique para os alunos a proposta da atividade. Ressalte a importância de ouvir: o sons, a música, o professor; de ver: o espaço, o movimento dos outros colegas; de criar: não importa se o movimento é “feio ou bonito”, “esquisito e/ou engraçado”. O importante é investigar seus movimentos utilizado todas as partes do corpo.


Atividade 1 - Inicie aquecendo o corpo em roda, começando pela respiração abdominal e, pedindo para cada um observar o tempo de sua respiração e o som ou silêncio. Siga o aquecimento pedindo para cada um realizar um movimento que aqueça, e todos repetem Sem música, cada um no seu tempo. O professor pode ao longo deste aquecimento propor mudanças de velocidade, isto é: fazer este mesmo movimento mais rápido, mais lento, muito mais rápido, etc.

Atividade 2 - Separe os alunos em duplas: um aluno emite sons enquanto que o outro responde imediatamente com o corpo/movimento ao som proposto. Como se fosse um “boneco movido ao som” Os dois são criativos neste caso, quem faz o som e quem, responde. Inverta os papéis e repita o exercício formando novas duplas. O professor pode exemplificar fazendo sons diferentes para estimular os alunos: sons estridentes, sons relaxantes, sons calmos, sons aflitivos... Avaliação Ao final do exercício retorne a roda inicial para fechar a aula, propondo nova reflexão: Existiram dificuldades? Quais? Qual a preferência: fazer o som ou ser o boneco? Foi diferente fazer com uma dupla e com outra? O que foi diferente? Peça alguns exemplos de sons que geraram movimentos “interessante/esquisitos/engraçados/legais.” Termine com a respiração do início.É importante que o professor observe os alunos durante todo o tempo, intervindo sempre que achar necessário: estimulando, dando apoio técnico (indicado faltas e/ou outros caminhos), percebendo dificuldades.

Atividade 3- Balões Dançantes: Materiais: balões coloridos; canetas hidrográficas; xerox de fotografias dos participantes; gravuras de animais, frutas, etc.; cola ou fita adesiva; tesouras; aparelho de som.
Participantes: grupamentos de qualquer faixa etária.
Procedimentos prévios:
Encher primeiramente os balões, em quantidade suficiente para cada participante ter o seu. Amarrá-lo para ficar cheio e seguro. No caso de participantes capazes de enchê-los solicitar para cada um fazê-lo.
Dependendo da faixa etária, o participante vai escrever seu nome no balão, ou seja, a primeira letra, para poder identificá-lo. Também pode ser colado o xerox da fotografia do participante ou gravuras que se tenha à disposição para esta atividade.
Atividades (sugestões):
Pôr uma música animada de fundo para dinamizar a atividade (sugestão “Uva de Caminhão” – Assis Valente).
Estabelecer com os participantes que enquanto a música estiver tocando, cada um ficará brincando com seu próprio balão, tentando não deixa-lo cair no chão. No momento que a música parar cada um dos participantes pegará seu balão, com as duas mãos, e falará em voz alta (podem até gritar), seu próprio nome, que estará escrito no balão, ou seja, terá o xerox de sua própria fotografia. No caso de gravuras gritarão o que estão observando nela. Retomar a brincadeira com os balões quando a música recomeçar, repetindo a mesma até que o interesse do grupo diminua.
Outra opção está em deixar os participantes misturarem os balões quando estão brincando com eles, sem deixá-los cair no chão. Quando a música parar, segurar um balão, qualquer, com as duas mãos e gritar o nome que estiver escrito no balão ou figura que observarem nele. Dependendo da idade dos participantes, quem está segurando o balão, procura o dono, gritando o nome escrito no balão para entregá-lo. Ao serem devolvidos todos os balões aos respectivos donos, volta a tocar a música retomando a brincadeira do começo. Repetir enquanto durar o interesse do grupamento.
Uma terceira opção de brincadeira, com os balões consiste em brincar com os balões misturando-os, sem deixá-los cair. Quando a música parar, segurar um balão qualquer e começar a gritar o nome que está escrito nele. Os participantes deverão prestar atenção para ouvirem que os estão chamando para dirigir-se até ele e pegar seu balão de volta. Uma vez de posse cada participante com seu balão recomeçar a brincadeira, repetindo-a tantas vezes quanto durar o interesse dos participantes.
Objetivos: integração do grupo; desinibição dos participantes; identificação de nomes, tanto dos colegas como de objetos; relação direta entre a observação e sua representação verbal; dinâmica corporal global.

Atividade 4- Dança dos círculos
Recorte círculos ou quadrados de cartolina colorida e fixe as figuras no chão com fita crepe. Calcule 1 círculo a menos do total de participantes. As crianças correm ao redor dos círculos e, quando a música pára, tentam sentar - falta um lugar, um participante cai fora a cada rodada. No calor, que tal trocar o papel por bacias cheias de água? Antes, porém, certifique-se de que o piso seja antiderrapante. Essa brincadeira é parecida com a dança da cadeira e desenvolve a coordenação, o ritmo, a concentração e a agilidade.


"Em que contribuem"



...entre outros fins, as atividades rítmicas contribuem para o
desenvolvimento dos sentidos, em especial o da audição, ao fazer do
corpo um dócil instrumento de interpretação do ritmo, contrariando as
tendências à mecanização e à imitação passiva de si mesmo e dos
outros indivíduos.
Música“Utilizada em sala de aula, a música melhora a atenção, concentração, memória, raciocínio lógico e ainda trabalha a emoção”, discorre a musicoterapeuta Ana Paula Cascarani, que ministra a oficina sobre música e desenvolvimento humano.
Especialista em psicopedagogia e mestre em Educação, ela enfatiza que a música favorece o desenvolvimento humano em geral e, principalmente, o infantil, sendo um instrumento a mais para o professor utilizar em classe. “A melodia está relacionada à emoção, o ritmo ao movimento e a harmonia à inteligência. Quando o professor utiliza esses elementos na aprendizagem, a criança aprende com mais facilidade. A música é uma linguagem própria dela, está dentro dela; só precisamos resgatar e saber trabalhar esse ponto”.
A professora-recreacionista Maria de Fátima Fernandes Costa, que participou da oficina sobre a música, achou muito interessante o assunto. “Na Educação Infantil, trabalhamos bastante com música, mas muitas vezes deixamos de aproveitar pontos que poderiam ser mais bem explorados. Aqui está a oportunidade de aprender o que podemos fazer a mais com a música”, analisou.

15 comentários:

  1. Muito bacana este site. Adorei as atividades e vou tomar a liberdade de usá-las nas aulas de musicalizção. Assim que dispor de tempo vou apresentar algumas atividades que já apliquei com meus alunos. Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. Adorei fazer essa visitinha, estou começando a fazer substituições em classe de Educação Infantil estou amando, e visitando o seu blog, me animou mais ainda. Eu tinha medo de não saber lidar com crianças nesta faixa etária, descobri que é melhor do que com os maiores.

    ResponderExcluir
  3. Gostei bastante das atividades. Vou experimentar com meus alunos de 6 anos na educação infantil.Vou tomar a liberdade de usá-las.

    ResponderExcluir
  4. OLÁ, QUE MARAVILHA ESSE BLOG ESTOU TERMINANDO A FACULDADE DE PEDAGOGIA E MEU TCC É SOBRE MÚSICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL, E VOU APROVEITAR MUITA COISA, ELE É COMPLETO E FALA TUDO QUE EU ACREDITO QUE É IMPORANTE PARA O DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA. PARABÉNS SÃO PESSOAS QUE PENSAM COMO VOÇÊ QUE FAZEM A DIFERNÇA NA VIDA DE NOSSOS PEQUENINOS.

    ResponderExcluir
  5. OLÁ, EU ADOREI AS SUGESTÕES, MAS QUERIA NOMES DE MUSICAS PARA TRABALHAR O CORPO E OS MOVIMENTOS. ABRAÇOS, PROFESSORA MARIA DE FÁTIMA. SÃO MAMEDE-PB

    ResponderExcluir
  6. A musica contribue para o desenvolvimento humano.NA musica as crianças aprendem e se divertem.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Amei tudo mesmo... parabéns gentii..que fofo era o que eu precisava para apresentar um trabalho em sala de aula estou concluindo o curso de Pedagogia, sem falar que vale tudo para ver os pequenos aprenderem com prazer, sabendo que estamos ajudando no seu desenvolvimento.Abraço!!!

    ResponderExcluir
  9. amei tudo isto. vcs estão de parabéns! continuem sempre assim, estão ajudando bastante a todos nós. obg!

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu blog auxiliou muito o trabalho que estou desenvolvendo, obrigada.

    ResponderExcluir
  11. Esse ano a escola em que trabalho irá incluir a música e já estou avisando que usarei essas técnicas em minhas aulas pois adorei.
    Obrigada e parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Valeu gostei muito do tema, inclusive estou preparando uma TCC baseado sobre a importância da música na educação infantil, parabens!

    ResponderExcluir
  13. É legal ler, mas precisamos saber de onde veio!!! estou lendo sobre a musicalização infantil e com este é o 5 artigo que leio, percebo que ninguém dá o credito à pessoa devida, por favor ao colocar on line qualquer assunto indique o autor e os livros que foram usados para fundamentar o trabalho...

    ResponderExcluir
  14. Estou me preparando para trabalhar canto com crianças na escola. Gostei das atividades sugeridas por vc. Parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Muito legal as propostas de atividades. Já estou com minha mente fervilhando de ideias.

    ResponderExcluir